Município de Paredes de Coura

Loading
Ama como a estrada começa
Vitor Paulo Pereira recordou o poeta e pintor Mário Cesariny – “ama como a estrada começa” –, sublinhando que a ligação da zona industrial de Formariz à A3 “é uma história de amor porque não se herda. Conquista-se”, acrescentando que esta obra é “uma estrada de sucesso e coragem”. No lançamento desta empreitada no âmbito […]
publicado a 12 de Outubro de 2018

Vitor Paulo Pereira recordou o poeta e pintor Mário Cesariny – “ama como a estrada começa” --, sublinhando que a ligação da zona industrial de Formariz à A3 “é uma história de amor porque não se herda. Conquista-se”, acrescentando que esta obra é “uma estrada de sucesso e coragem”.

No lançamento desta empreitada no âmbito do Programa de Valorização de Áreas Empresariais, perante o Primeiro Ministro, António Costa, e o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, o presidente da Câmara de Paredes de Coura não escondeu “o momento importante” que é para o seu Município e empresas, sublinhando o “dinamismo económico” que lhe está subjacente e traduzido nos 150 M€ para exportações.

Ao congratular-se por tão importante momento para Paredes de Coura, Vitor Paulo Pereira recordou “o trabalho de equipa que com amor luta todos os dias”, num sinal de afetividade no qual englobou os companheiros de vereação Tiago Cunha, Maria José, Vitor Rosas e Sérgio Caselhos, mas também o eng Guerreiro e a Eduarda Fontelo.

Paredes de Coura soube criar atração de investimento

Já António Costa relevou o “investimento muito importante de 8,8 Km que fazem grande diferença para a competitividade da Kyaia e outras empresas”, numa cooperação saudável entre o Estado, autarquia e empresas: “Paredes de Coura mostrou que tem todas as condições para que se faça este investimento público, tanto mais que aqui o volume de exportações de 2013 até hoje aumentou 10 vezes”, sublinhou.

Por sua vez, o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas recordou que Paredes de Coura “soube criar atração de investimento” com empresários que “reforçaram a aposta”, realçando também o “trabalho singular” do presidente da Câmara: “Vitor Paulo Pereira é um autarca que percebe que o futuro passa por atrair emprego e empresas”, acrescentando que se trata de “um dos melhores autarcas da nova geração no nosso país”.

Também Fortunato Frederico, CEO da Kyaia, em cujas instalações se celebrou com a Infraestruturas de Portugal o Lançamento da Empreitada da Ligação do Parque Industrial de Formariz à A3, enalteceu o papel de Vitor Paulo Pereira “por ter entregue a carta a Garcia”, recordando que em Paredes de Coura, na ligação às empresas, “não há demora nem burocracias. Esta é gente de garra, gente que temos que apoiar, que não vem nas revistas nem nos cocktails”, acrescentando que “as empresas também são competitivas com as condições que o Governo central lhes dá”.